Virgem – Ficha Técnica

Virgem – Ficha Técnica

Elemento: Terra

Qualidade: Mutável

Cor: Amarelo

Dia: Quarta-Feira

Regente: Mercúrio

Signo Oposto:  Peixes

Números da sorte: 5, 23, 32

Pedra: Ágata amarela, Esmeralda

Plantas: Verbena, Hortelão, Camomila

Parte do corpo:  Intestino delgado, Umbigo

Dia bom: Leal, analítico, gentil, trabalhador, prático

Dia Ruim: tímido, preocupado, excessivamente crítico consigo mesmo e com os outros

Coisas Favoritas:  animais, comida saudável, livros, natureza, limpeza

O que eles odeiam: grosseria, pedir ajuda, ocupar o centro do palco

Desejo Secreto:  Viver em um mundo simples, prático e organizado.

Como identificar:  Aquela pessoa separando as coisas por cor ou tamanho.

 Palavras-chave:  lógica, racionalidade, ordenação, crítica

Famosos:  Agatha Christie, Paula Fernandes, Luciano Huck, Susana Vieira, Cameron Diaz, Keanu Reeves

23 de agosto a 22 de setembro

Vamos falar sobre Virgem…

Virgem é um signo de terra, mutável e feminino. Regido pelo planeta Mercúrio. E está relacionado fisicamente com as partes do corpo associadas à região gastrintestinal, mais precisamente ao intestino delgado. Dito isso, vamos falar de uma qualidade essencial básica de Virgem, que é o escrutínio, a lógica, a racionalidade, a ordenação, e a seleção.

A missão de Virgem é  separar o que é do que não é, o que presta do que não presta, o que tem conserto do que não tem conserto, o que se parece com algo mas não é, o que serve do que não serve. 

Virgem não guarda aquilo que pra ele não tem funcionalidade. Se resolver arrumar a caixa de remédios, ele não vai guardar porque um dia pode precisar, como Câncer faria. Aquele remédio para hipertensão que uma amiga esqueceu, vai pro lixo… já que pra ele não serve.

Virginianos pensam na funcionalidade, tem a lógica, a ordenação, a ordem cronológica, ou a ordem por tamanho. E ele não só separa aquilo que serve ou não, ele arruma por setores:  esse remédio aqui é pro estomago, esse é pro intestino, esse é pra dor de cabeça.

Organiza segundo as suas características… cria uma lógica.

Isso é Virgem.

Uma coisa também muito interessante no virginiano é esse olhar para o defeito. Vou dar um exemplo bem prático, tá? Porque, aliás, Virgem é um signo muito prático. Você vai numa loja comprar uma roupa e leva esse amigo de Virgem que tudo vê: “tá manchado, tá com defeito, tá torto, tá com o fio puxado”. E ninguém viu nada.

Ou ainda, você vai comprar um mármore para o seu banheiro e seu amigo virginiano fala: “-esse mármore é diferente daquele…” 

– “Mas os dois são brancos…” 

– “Sim..! Mas um é branco leite e o outro é branco acinzentado…”

Ele tem aquele olho que escaneia a minúcia, percebe as  falhas, nuances, medidas… Quer dizer, tem o olho treinado pra achar falha, erro, inconstância.

Pra quê? Por quê? De onde vem isso? 

Podemos achar que é só pra chatear, pra criticar e botar defeito… E algumas vezes é mesmo. 

Mas, na verdade é porque tudo tem uma função. E Virgem é treinado para detectar funções.

De onde vem então, esse olho do defeito, esse olhar da crítica? Na verdade, a crítica vem de critério. Funciona assim: como Virgem é um signo associado à ideia de ordem e organização…, é preciso ter funcionalidade. O sentido da organização de Virgem não é o de uma organização histérica, e sim para aumentar o nível de funcionalidade e eficiência.

Ou seja, em vez de procurar durante dez minutos onde está o par do sapato, ele sempre tem os pares juntinhos um do outro.

Mas há aqueles virginianos que defendem a arrumação só por arrumar. Isso já é histeria e mania.

Lembrando que Virgem é o segundo signo de Terra. Ele e nos prepara pra Capricórnio. Então, ele trabalha com a eficiência, a eficácia.

Se achamos que Virgem é crítico…, vocês não viram nada… deixa chegar em Capricórnio… 

Pra capricórnianos, sempre falta mais alguma coisa para que aquilo tenha qualidade. Você  apresenta qualquer coisa pra um Caprícórnio e por mais perfeita e maravilhosa que esteja, eles vão achar um defeito.  

Por isso, a questão do Virgem está no defeito.

Ele tem um olho tratado para achar o defeito, a falha.

Em que sentido? Naquilo que destoa da ordem.

Tem cinco palitos de fósforo e um está queimado. Quem vê isso num bater de olhos? Só um Virgem!

Virgem bate o olho e vê tudo, tudo que está errado, quer ver? Pense num marido desligado, que vai viajar… Aí chega a mulher dele, que é de Virgem e confere os detalhes da viagem, para ver se está tudo certo. Ela vai confirmar os horários, o que ele esqueceu de por na mala, e deixar tudo organizado para ele não ter surpresas na viagem.

Pense num Peixes, que é o signo oposto e que, ao contrário, não reparou neste detalhe, de conferir a bagagem… Um detalhe. Só vai descobrir na hora que precisar.

Virgem não, ele antecipa os detalhes todos.

Virginianos são práticos, eficientes, e salvam muitas situações da vida. Porque ninguém mais parou para pensar nos detalhes. 

Num relacionamento pode achar que isso um problema. Mas vai ter uma série de situações na vida em que você precisa desta precisão.

Por exemplo, você fez um seguro de carro que vence dia tal. Você não viu. Quem reparou nisso? O Virgem.

E as perguntas que ele faz pro segurador, que jamais ocorreriam a ninguém?

– ” Se houver uma batida só na porta…, Mas e se estragar a maçaneta?…

Ele se põe na situação.

Esta é uma questão virginiana: ele se põe na situação e a examina como se estivesse acontecendo no momento presente. E, na hora que as coisas acontecem não tem surpresas. Aliás, Virgem não gosta de surpresas. 

E quando se pensa assim “na prática”… que é uma palavra que o virginiano fala muito, “na prática”:

“-Isso é muito bacana na teoria, mas na prática…”

Virgem pensa muito em como as coisas se dão na prática, para na hora que elas acontecerem, não ter surpresas.

Algo bem legal, é que o real não lhes incomoda em nada. 

Eles não desgostam do real. Já o Peixes, que é o signo oposto, estão sonhando sempre, e quando caí na real, machuca. 

O Virgem não, se dá bem com o real, aprecia o real. Gosta de segunda-feira, gosta de formulário, gosta de fazer matrícula. Eles gostam da vida no que ela tem de simplório, de trivial, de ordinário. A vida, pra ser interessante para ele, não tem que ser um mega evento. 

Pra Virgem a vida é levar o filho ao colégio, voltar pra casa, tomar banho, ir trabalhar. Nada disso é medíocre. Ao contrário, é bom, é gostoso, é a vida no seu aspecto real, o simples de todo dia, das pequenas coisas, das pequenas conquistas, dos pequenos momentos, das pequenas vitórias. 

Outra característica marcante de Virgem é que ele é ritualístico, repetitivo. Ele é sistemático, se repete, faz igual, aprende a fazer de um jeito e vai fazer sempre assim. Virginianos apreciam, rotina, são encontrados sempre nos mesmos lugares, fazendo as mesmas coisas, nas mesmas horas. Esquematiza a vida pra ela ficar funcional, pra ela rodar, pra ela acontecer.

Faz uma racionalização nos processos pra eles se encaixarem, pra renderem, e acontecerem numa sequência.

Não dá voltas, fazem as coisas em linha reta.

O Virgem faz as coisas esquematizadamente, sequencialmente. Uma coisa leva a outra, é perto da outra. Rende melhor se for assim. E ele obedece esse esquema. Não tem surpresas. É isso. Ele não quer a vida com surpresas. 

Há outra característica, um pouco mais complicada, que é o fato de ser tenso. 

Virgem é tenso. É o signo mais tenso do zodíaco. É extremamente tenso, inclusive é sujeito à gastrites.

Em que sentido? Por quê é que Virgem é tenso? Por causa do controle.

Tudo é na cabeça, o tempo todo arrumando esquemas. Então, eles têm a cabeça lotada o tempo todo. As coisas não têm andamento próprio. Eles controlam tudo.

Tem essa mania do controle e esse anseio pela perfeição, para que as coisas dêem o melhor resultado possível.

E tem ainda um outro agravante. O Virgem é um signo de gente muito tímida. Então, são pessoas cuja cabeça não para. Estão permanentemente pensando, articulando, examinando, selecionando, montando, arquivando, comparando. E, como eles não são expressivos, nem explosivos, nem exteriorizados, tudo fica guardado. É tudo dentro. Portanto, chega uma hora que essa máquina começa a trabalhar contra eles e, eles têm realmente esses desgastes nervosos importantes, “stress” grave.

Não sabem parar a cabeça e não sabem exteriorizar.

Outro lado do Virgem é a questão da humildade. É um signo que tem essa qualidade, a de ser humilde. No sentido que você não precisa de grandes coisas, efeitos ou realizações para se sentir completo, ou pleno. Nem precisa de grandes aplausos. O Virgem tem muito desejo do dever cumprido, da coisa feita, do negócio concluído. E isso pra ele já é a glória.

Quer dizer, o acabamento bem feito, a perfeição, cumprir prazo, é o que o satisfaz.

Coisas que outras pessoas poderiam achar menores ou querer aplausos, eles dispensam. E por conta desta questão da humildade, de uma personalidade humilde, eles valorizam pequenas vitórias. É aquela consciência que você pode ter um problemão, mas você o divide em pequenas etapas e faz aos poucos. No final, você resolveu tudo. Isso tem a ver com a humildade.

Eles têm esta qualidade de fazer menor para poder fazer. Diminuir para conseguir. Focar para resolver. Isso é virginiano.

Virgem é inteligente

Eu conheço algumas pessoas virginianas que são muito inteligentes. 

– Muito! É verdade.

Virgem e Gêmeos são extremamente inteligentes porque são regidos por Mercúrio. Mas são inteligências diferentes. O Gêmeos é especulador, curioso, lógico, acumulativo… O Virgem é analítico, crítico, seletivo, depurador. 

Mas tem uma inteligência muito grande. E funciona assim, quer ver?

1) Eles botam a cabeça para funcionar e sobrecarregam ela. Por isso, algumas vezes pifam. Então, eles desenvolvem o raciocínio, a lógica, o pensamento, o escrutínio, a análise e ficam no real, com uma atenção, com um foco.

É um estado de alerta, vigilância, observação, análise permanente.

Tipo assim:

Vai escolher uma meia. Você acha que é uma meia qualquer? Não! Essa meia combina com aquela, que por sua vez eu vai lavar na semana que vem. Ele usa essa e depois eu usa aquela, para serem lavadas juntas.

Numa simples escolha de meia, tem uma operação. Tudo esquematizado, numa sequência lógica.

E quando quiser um conselho, peça a um virginiano.

Ele vai analisar a situação com todos os detalhes, todos os itens e sub-itens, as chances e as futuras chances. E vai te fazer esquecer os sonhos, e fantasias. Vai te entregar somente os elementos necessários.

Por exemplo: 

– “Qual é o seu problema? Você diz que você não tem dois mil reais. Você precisa de quanto? 

Dois e quinhentos. Você diz que não tem. Você já tentou fulano? E se você diz que tentou fulano, não adianta tentar ciclano, porque eles são irmãos. Um está sem dinheiro, o outro também está. Já elimina os dois”.

E assim ele vai criando um raciocínio tão bem montado que você sai dali com uma solução. Ele é a cabeça funcionando para reduzir a situação ao mínimo dela. 

Mas como a cabeça não para, sofre de uma exaustão mental. Porque a pessoa está o tempo todo nesse patrulhamento. Não pára de pensar…é estressado.

E nisso, tem um lado perigoso para o Virgem.

O lado maníaco, que nenhuma empregada do mundo vai conseguir repetir aquele nível de organização, de ordenação, de tamanho, de disposição. Onde ele surta, se as coisas fogem do controle dele, da organização.

Outro lado chato do Virgem, é quando faz a crítica pela crítica. Sai botando defeito em tudo e fica algo desagradável. 

– “‘Tá horrível esse seu cabelo”. “Não gostei desse sofá!”

É aquela coisa de apontar o defeito. É onde o virginiano para de ajudar.

Afinal, crítica demais, incomoda.

E ainda, outra característica forte de Virgem é a ligação com a saúde. Aí também, tem dois lados diferentes que se manifestam. Tem o lado que tem ligação com a saúde, uma espécie de consciência de que é preciso zelar pela saúde.

Esse é o Virgem sadio. É assim: 

– “Bebi três caipirinhas ontem…, sei que devo ter me intoxicado um pouquinho…, então hoje tomo muita água para eliminar as toxinas. E não bebo. Faso uma dietinha.” 

Quer dizer, há um conhecimento empírico de que os órgãos se ressentem de certos abusos. – “Fumei muito ontem. Fumei muito na semana passada…, dormi pouco. Vou dormir hoje o dia inteiro, não vou sair à noite.”

É como se eles intuíssem como o corpo funciona. E têm um bom diagnóstico. Eles mesmos dizem: – Olha, ‘tô com o fígado ruim… Eles sabem…, – “‘Tô com dor de cabeça porque comi aquilo ontem…” Porque eles tem uma ligação muito íntima com os seus próprios órgãos, com o seu próprio corpo. Esse é um lado. 

O outro lado é a turma hipocondríaca. É a turma do…”tudo faz mal, tudo dá não sei o quê”…, é a turma que tem um excesso de zelo. É a turma que tem horror às bactérias, aos micróbios, aos vírus. Que chega no dentista e pergunta se as ferramentas estão esterilizadas. É lógico que estão. Ou então, vai ao acupunturista e pergunta se aquelas agulhas são só suas. É lógico que são. Quer dizer, é aquela mania da limpeza. É o medo das impurezas, o excesso de zelo com a saúde também.

É sinal que alguma coisa está esquisita nesse Virgem. Tá? 

Eu conheço um virginiano que chega nos restaurantes e começa a perguntar de onde vem a alface, de que horta, de onde vem o legume, se eles tem certeza da origem, se botou de universo completamente contaminado.

E a turma do nojo: “Não sento em sofá de ônibus. Tem muita gente suja que senta aí”. 

E finalmente, para concluir Virgem, vale lembrar que você pode encontrar virginianos completamente piscianizados. Ou seja, caóticos, que bebem, que não ligam para saúde, que esquecem de pagar conta.

Porque são signos mutáveis, então é comum terem características do seu signo oposto.

Então não assuste se encontrar um Virgem largado, imundo, que não toma banho, que não quer saber de nada, que esqueceu tudo, que deixou em casa, com memória ruim…, que é poeta, que escreve música, que toca violão.

Janaina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: