A Lua e suas fases

A Lua e suas fases

Quem nunca olhou a Lua e começou a imaginar coisas? Ou nunca se impressionou com seu brilho, ou questionou as suas facetas, e até mesmo sentiu o seu poder?

Desde os primeiros registros de civilização humana, a Lua é objeto de admiração, e desempenha um papel importante em mitos e práticas de diversas culturas.

Há mais de seis mil anos, ainda na Mesopotâmia, os homens estabeleceram com a Lua uma relação de fascinação e fantasia. Observaram a regularidade dos fenômenos celestes e perceberam que, ao acompanhá-los, era possível marcar a passagem de tempo. Em função das mudanças
de fase da Lua a cada sete dias, estabeleceram um calendário,
criando o mês e a semana.

A Lua

A principal teoria da origem da Lua, é que um corpo do tamanho de Marte colidiu com a Terra há aproximadamente 4,5 bilhões de anos atrás, e os detritos resultantes da Terra e do asteroide se acumularam para formar nosso satélite natural. ( Fonte )

A Lua modera a oscilação da Terra em seu eixo, e assim provoca um clima relativamente estável no nosso planeta ao longo de bilhões de anos.

Da Terra, sempre vemos a mesma face da Lua. Porque ela está girando em seu eixo na mesma velocidade em que gira em torno da Terra (ou seja, está em rotação síncrona com a Terra), e isso acontece em 27,3 dias.

Embora seja um satélite da Terra, a Lua, com um diâmetro de cerca de 3.475 quilômetros, é maior que Plutão.  Tem um pouco mais de um quarto (27%) do tamanho da Terra. Isso significa que a lua tem um grande efeito no planeta e muito possivelmente é o que torna possível a vida na Terra.

Leia Também – Bruxa: o que é e? E o que faz?

A Mistica Lunar

Diferentemente do Sol que é sempre igual, a Lua é um astro que do ponto de vista terrestre, cresce, decresce e desaparece. Assim, como nós está submetida a lei universal do devir, vida – morte – vida.

E essa periodicidade sem fim faz com que a Lua seja, por excelência, o astro dos ciclos da vida. Que detenha o simbolismo de tudo aquilo que é cíclico – as águas, as vegetações, a fertilidade e o feminino.

Dito isso, podemos inferir de forma bem resumida, que a Lua revela o homem a sua própria condição humana e que de alguma forma e ele “se olha”. E é por isso que ritos e mitos lunares são difundidos ao longo dos séculos, uma vez que eles ao mesmo tempo desolam e confortam, controlam a morte e a fecundidade, o drama e iniciação.E esta energia está inserida no inconsciente da humanidade desde o inicio, principalmente com o feminino, já que os ciclos são bem próximos do ciclo da mulher (mas isso será assunto de outra postagem).

Como aproveitar a energia de cada fase lunar?

fases da lua

Lua Nova : 

Este é o começo do ciclo lunar e um bom momento para sonhar com o que você deseja criar em sua vida. Tradicionalmente, a mágica destinada a iniciar novos projetos e empreendimentos é favorecida no momento, mas qualquer coisa que envolva atrair ou aumentar o que você deseja é apropriado.

Lua Crescente : 

Essa fase é o momento ideal para agir em direção a nossos objetivos – na verdade, começando no plano físico, os projetos que pretendemos no plano espiritual. A energia aqui é de ação, hora de projetar nossas intenções para o Universo. O trabalho mágico pode estar relacionado à conquista ou fortalecimento de parcerias com outras pessoas (sejam elas amigos, interesses românticos ou parceiros de negócios) e à melhoria da saúde física e do bem-estar geral.

Lua Cheia : 

Esta é a fase mais poderosa de todo o ciclo lunar. Muitos acham que o dia da lua cheia é o dia mais magicamente potente do mês e pode salvar feitiços relacionados a objetivos particularmente importantes para esta ocasião. Todo e qualquer propósito mágico é favorecido durante um ritual de lua cheia.

Lua Minguante : 

Este é o momento de liberar a energia externa e alinhar-se com a energia da reflexão interior. A eliminação de energias e experiências negativas é o objetivo mágico predominante nesta fase. Portanto, o trabalho de feitiço destinado a superar obstáculos, resolver conflitos e remover causas de doenças é apropriado.

Lua Negra : 

Nos dias anteriores à Lua Nova, muitos acreditam que esse é o momento de não praticar magia, e descansar. No entanto, muitos outros acham que a Lua Negra é o melhor momento para magia relacionada ao fechamentos. Existe nessa fase um potencial destrutivo de energia que pode ser aproveitado para liberar quaisquer padrões cármicos que surgem repetidamente em sua vida, como os relacionados ruins, abandono, traição etc.

Janaina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: