Vinagre de Maçã: A ciência por trás do uso nos cabelos

Vinagre de Maçã: A ciência por trás do uso nos cabelos

Se você é uma viciada em cuidados naturais com os cabelos, talvez já tenha ouvido falar do enxágue com Vinagre de Maçã para os fios. Como também já deve ter ouvido controvérsias, por isso vamos mergulhar na ciência por trás da técnica para entender se o enxágue com vinagre de maçã realmente funciona e, em caso afirmativo, como.

O que é vinagre de maçã?

O vinagre vem do termo francês “vin aigre”, que significa vinho azedo. Pode ser feito a partir de praticamente qualquer coisa que contenha açúcar, incluindo frutas, legumes e grãos. Microrganismos fermentam o açúcar em álcool, que em seguida é transformado em ácido acético por outros microrganismos.

O vinagre de maça é produzido a partir de suco de maçã fermentado – Primeiro é feito o suco e em seguida é adicionado leveduras fermentadoras, e bactérias. Assim, inicia-se o processo de fermentação alcoólica, que converte os açúcares em álcool. Na segunda etapa da fermentação, o álcool é convertido em vinagre por bactérias formadoras de ácido acético (  espécies de Acetobacter ); o ácido acético é necessário para tornar o vinagre levemente ácido, com um pH típico de 2 a 4.

Para referência, a escala de pH varia de 0 a 14:

  • 0,0–6,9 é ácido
  • 7.0 é neutro
  • 7.1-14.0 é alcalino ou básico

O sangue humano é levemente alcalino com um pH entre 7,35 e 7,45, enquanto a pele humana fica em média um pouco abaixo de 5.

Leia também – pH – Saiba por que essa informação é tão importante par seu cosmético

Manto ácido – O que é?

Recentemente, os cientistas descobriram o Stratum corneum ou “manto ácido” na camada mais externa do cabelo e da pele humanos ( Fonte ). É levemente ácido 4,5-5,3.

A maioria dos shampoos são alcalinos para os óleos naturais que mantêm o delicado equilíbrio do pH do cabelo, resultando em dano, ressecamento e fragilidade. Alguns contendo Lauril sulfato de sódio tem pH chegando a 11-12, e estes são os que mais danificam.

O manto ácido também é fundamental para a aparência do cabelo, pois contribui para o brilho e a sensação tátil do cabelo. A camada externa da haste capilar, também conhecida como  cutícula , é composta por escamas sobrepostas bem compactadas. O manto ácido é fundamental para fazer as escamas das cutículas ficarem planas, o que confere ao cabelo uma aparência brilhante e suave e protege contra a perda de umidade. Os produtos alcalinos perturbam e até destroem o manto ácido, levando as cutículas do cabelo a “se levantarem”, e por consequência deixar os cabelos armados. O dano nessa estrutura capilar torna o cabelo frágil devido à perda de umidade, aumentando sua fragilidade e perda de brilho.

A essa altura, você deve estar se convencendo que, para manter o cabelo brilhante e com aparência saudável, você precisa evitar Shampoos fortes, e assim manter o equilíbrio do manto ácido.

E é aqui que entra o vinagre de maçã. Como é levemente ácido, ele equilibra a alcalinidade de shampoos e água dura (ricas em cálcio e magnésio) – que correm normalmente das torneiras das cidades dos ambientes urbanos – E assim ele certifica de que as cutículas do seu cabelo permaneçam lisas e retenham a umidade.

Por que usar o Vinagre de Maçã?

Ao contrário do que muita gente pensa, o vinagre de maçã não é cheio de com nutrientes. Ele possui algum potássio,vestígios de ferro e magnésio, graças ao fato de ser feito de maçãs que são naturalmente ricas nesses nutrientes. Como também, alguma função fungicida ou bactericida graças ao ácido málico e ácido acético. 

No entanto, ele oferece os benefícios de um regulador de acidez, embora não seja um provedor de alto valor nutricional. Por ser levemente ácido, o vinagre de maçã restaura o pH natural do manto ácido. A exposição a essa acidez acalma a camada externa do cabelo, “fechando” a cutícula, o que resulta em cabelos que brilham e deslizam com facilidade, tornando-os menos propensos a embaraçar, prender e, portanto, reduzir o frizz dos cabelos.

Para aqueles que experimentam outras condições do couro cabeludo, por exemplo, a caspa, o vinagre de maçã pode ajudar devido às suas propriedades antifúngicas e antibacterianas. Além disso, o vinagre de maçã também é um agente anti-inflamatório, que pode neutralizar a inflamação da pele que normalmente precede a caspa e um couro cabeludo seco e escamoso.

Finalmente, o vinagre de maçã pode ajudar a remover o acúmulo de produtos – resultado direto do uso de produtos à base de silicone em sua rotina de cuidados com os cabelos.

Como fazer o enxágue com Vinagre de Maçã?

Como usar o vinagre de Maçã

Misture 1/2 a 4 colheres de sopa (5-60 ml) de vinagre de maçã de boa qualidade com um copo de água (250 ml) em uma vasilha de plástico, spray ou outro recipiente.

Experimente diferentes diluições, até uma encontrar uma que funcione melhor para o seu tipo de cabelo. 

Como regra geral, cabelos secos gostam de menos de vinagre e cabelos oleosos gostam mais .

  • Após a lavagem e o condicionamento, despeje a mistura uniformemente sobre o cabelo, massageando o couro cabeludo.
  • Deixe descansar por alguns minutos.
  • Enxágue

O cheiro tende a desaparecer rapidamente à medida que o cabelo seca.

Janaina

4 comentários sobre “Vinagre de Maçã: A ciência por trás do uso nos cabelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: