Coronavírus: Uma Visão Geral

Coronavírus: Uma Visão Geral

Membros da família Coronaviridae, os Coronavírus (CoV) tem uma morfologia diferenciada – possuem um membrana externa ou “corona” incorporada na proteína de envelope, por isso o nome.

Os vírus dessa família foram descritos a primeira vez em 1931, e o primeiro coronavírus foi isolado em humano em 1965 (HCoV-229E). Antes de 2003 pouca energia foi gasta em estudar o vírus, já que este estava envolvido apenas com doenças leves do trato respiratório. No final de 2002 novo vírus foi identificado, como causador de doença do trato respiratório grave, o CoV- SARS. Este, surgiu na província de Guangdong na China em novembro de 2002 e se espalhou para 32 países, levando a 8096 casos e 774 mortes em todo o mundo quando o surto foi controlado em junho de 2003.

Posteriormente, grandes pesquisas foram feitas e novos vírus foram descobertos desde então, alguns com potencial zoonótico de causar sérios surtos em humanos.

O Novo Coronavírus

Após os primeiros relatos de casos de síndrome respiratória aguda no município chinês de Wuhan, no final de dezembro de 2019, as autoridades chinesas identificaram um coronavírus como o principal agente causador. O surto evoluiu rapidamente, afetando outras partes da China e fora do país. Casos foram detectados em vários países da Ásia, mas também na Austrália, Europa, África, América do Norte e mais recentemente na América do Sul.

O vírus foi identificado como um novo coronavírus, que ainda não havia sido encontrado em humanos, e denominado coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (CoV-SARS-2), ou coronavírus 2019 (CoVID-19).

De acordo com os dados da União Européia, no dia 27 de fevereiro de 2020, as 8:00 (Hoje), temos :

Casos: 82 132 confirmados no mundo

Mortes : 2801

O que se sabe?

Já que se trata de um vírus até então desconhecido pouco se sabe. Até o momento, sabemos que a carga genética do SARS-2 está relacionada com a do SARS causador de epidemia em 2003, que foi contida com sucesso por intervenções de saúde pública incluindo detecção e isolamento de casos.

Os coronavírus como já falado anteriormente, circulam entre os animais e eventualmente podem afetar os seres humanos. Sabe-se que uma grande variedade de animais é a fonte de coronavírus. Por exemplo, o coronavírus da síndrome respiratória do Oriente Médio -2012 (MERS-CoV) originou-se de camelos e a SARS – 2003 inicialmente de civetas do Himalaia (um tipo de felino). Acredita-se no caso do SARS, o vírus tenha tido origem nos morcegos e espalhados para esses pequenos felinos, e outros animais silvestres, que chineses costumam manipular em mercados na China, onde ocorreu a primeira contaminação agravando depois com contágio pessoa-pessoa.

Contudo, o hospedeiro animal e reservatório ainda são desconhecidos, para o novo coronavírus.  

O período aparente de incubação ( período entre a contaminação e o aparecimento e sintomas) do vírus é entre 2 e 14 dias, e já nesse período o paciente já pode transmitir a doença.

Apesar, de ainda não se ter certeza de como a transmissão pessoa- pessoa ocorre tudo indica que seja via secreções respiratórias. Isso pode acontecer diretamente através de gotículas de tosse ou espirro, ou indiretamente através do contato com objetos ou superfícies contaminados, bem como contato próximo, como tocar ou apertar as mãos e tocar o nariz, olhos ou boca. 

Sintomas

Pelo que sabemos até agora, o vírus pode causar sintomas leves, semelhantes aos da gripe, como:

  • febre
  • tosse
  • dificuldade para respirar
  • dor nos músculos
  • cansaço.

Os casos mais graves desenvolvem pneumonia grave, síndrome do desconforto respiratório agudo, sepse e choque séptico que podem levar à morte do paciente. Pessoas com condições crônicas, idosos e crianças tendem a ser mais susceptíveis a forma grave.

Risco de Contaminação e Prevenção

Se você não mora em uma área endêmica a chance de contaminação é muito baixa, exceto se precisar viajar ou ter contato com alguém que for para essas áreas.

  • Lave as mãos com frequência
  • Evite aglomerações e lugares fechados como cinemas e teatros
  • Evite tocar os olhos, o nariz e a boca, uma vez que pode tocar uma superfície contaminada e depois se contaminar.
  • Pratique higiene respiratória – use a parte interna do braço para tampar o nariz e boca ao tossir e espirrar
  • Se você tiver febre, tosse e dificuldade em respirar, procure atendimento médico rápido.

– Essas máscaras comuns evitam que espalhe a doença, mas são pouco efetivas para a prevenção

Referências

Coronavirus: Overview

SARS-CoV-2 Viral Load in Upper Respiratory Specimens of Infected Patients

Centro de Controle de Infecções da União Européia

OMS

Janaina

11 comentários sobre “Coronavírus: Uma Visão Geral

  1. É muito importante ficarmos atentos às informações sérias como essa, pois há muitas fake news que espalham ainda mais terror, porém não divulgam o que é realmente importante sabermos, que é como evitarmos que esse vírus espalhe ainda mais. Muito obrigado pelas informações claras, diretas e esclarecedoras.

  2. Parabéns querida pelas informações sobre este vírus, que está deixando todos desesperados, muito ruim em saber que o Brasil também tem pessoas com este vírus, apesar que não sabemos a verdade de quantas pessoas tem no Brasil, muito importante seu post, vai ajudar muito, que Deus proteja todos, obrigada, beijinhosssssss

  3. oi!
    Atualmente o Coronavírus é um tema bem comum em jornais e em qualquer bate papo, é uma doença muito perigosa e que infelizmente já matou muitas pessoas. tenho que ficar de alerta e assim que tiver algum sintoma procurar ajuda medica..

  4. O corona vírus tem nós deixado bastante preucupados e atentos , sua informações são muito bem-vindas , mesmo ainda não estando em área de risco ,e bom estarmos preparados.

  5. Estou me cuidando ao máximo desde que comecei a ver sobre a notícia na tv. Nunca estamos tranquilos, de vez em quando aparece alguma coisa para nos deixar preocupados. Ontem na missa o padre fez algumas recomendações.

  6. Olá,

    Primeiramente, parabéns pelo post completo em relação ao assunto. O caos que se formou após a primeira confirmação do caso no Brasil foi generalizado, então é sempre bom entender como funciona o vírus e como podemos fazer para prevenção. Ter informações é sempre importante para todo o processo, algumas das coisas que você trouxe, ainda não tinha conhecimento.

  7. Eu ainda não tinha pesquisado sobre o corona vírus, e fiquei sabendo bastante informações com o seu post, eu não vou negar que estou com medo serio. Muito bom ler esses tipo de conteudo que nos deixa informado

  8. Confesso que amei o post, utimamente não tenho visto muito jornal, vejo muitos memes a respeito, e pra não dizer que não vi nada mais sério, li um artigo em um site daqui, sobre um possivel caso aqui na cidade que eu moro, mas ainda não tinha parado para ler um artigo completo sobre o assunto e o seu post está de parabéns! Obrigada por compartilhar o conhecimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *